Empreendedor, penso, nunca acredita muito nessa coisa de que as pessoas têm de separar o “ser trabalhador” do “ser humano”, ou do “ser que vive a vida”.

No ato de empreender a coisa se mistura tanto, a começar pelo sonho que é o sonho de quem? Do ser trabalhador? Nem a pau, é do ser humano! Mas é trabalho? Ok, ok, mas esse conceito de trabalho também é uma coisa meio diferente pro empreendedor… enfim, empreender é uma mistura maluca da pessoa jurídica com a pessoa física. Não tem jeito.

Em outros universos de trabalho, em grandes organizações, por exemplo, talvez as pessoas tinham uma boa separação entre a PJ e a PF. Tinham, penso. Mas isso mudou também.

De um lado, os negócios estão cada vez mais competitivos, complexos e complicados o que faz, acredito, com que poucas pessoas possam “não dar muita bola” pro que rola na empresa e chegar em casa e viver unicamente a PF. Não dá mais, acho.

De outro, do lado da PF, com o advento das mídias sociais não dá mais pra separar a PF da PJ. O RH, seu colega do lado e o chefe, estão certamente no Facebook, Twittam e lêem tudo o que você escreve ao longo do dia ou na madrugada na balada.

Não dá mais pra ir pra casa e “desligar” da empresa e nem dá mais pra “desligar” a empresa da gente quando não estamos PJ. É complicado ser PF na mais pura essência e achar que o mundo não está vendo/lendo/observando. Só se você viver 100% offline, o que não dá mais hoje.

Até podemos ser 100% PF, mas temos que arcar com as conseqüências de todo mundo saber o que fazemos, pensamos, quem apoiamos e quem detestamos.

Certa vez, acho que já contei isso aqui, não me lembro bem, numa palestra sobre ética digital mostrei o perfil (na época aberto) de uma pessoa que estava na platéia e que participava de uma comunidade no Orkut chamada “gosto de fazer amor beijando”.

Foi um”uhhhhhh” geral quando todos viram que a pessoa que eu mostrava na tela estava presente na sala. A própria me olhava com aquela cara de “por que você fez isso comigo??!!!” e eu dizendo pra ela: “isso está aberto para mais de 1 bilhão de pessoas, por que se constranger com apenas essas 100 aqui presentes?”…

Assim como na mídia não existe mais essa coisa de online e offline. É tudo junto e misturado o tempo todo. Acho que não existe mais também a coisa de “estar PF” ou “estar PJ” em nossas vidas. O que é bom. Confuso às vezes para quem não se ligar, mas bom no longo prazo. Seremos cada vez mais nós mesmos.

5 Responses to “Pessoa jurídica x pessoa física”

Leave a Reply

Empreendedorismo no Twitter
Licença de uso
Sinta-se à vontade para utilizar os artigos aqui publicados, sempre colocando o autor e o link para esse site.
Assine EmpresaBrasil!

Digite aqui seu e-mail:

Apresentação Empreendedorismo
  • Descolinks #129 – As 30 coisas que mais bombaram na internet essa semana
    1) Viral da semana semana: Ana Luiza, a menininha que mandou a real sobre as manifestações contra o governo – “Uma perda de tempo”! 2) O vídeo original é de 2013, mas foi divulgado de novo por um usuário no Youtube essa semana: Ana Luiza, essas manifestações todas não vão mudar nada? “Nããããããããão”. E não é que ela tinha razão?     3) Olha a treta! Vídeos de […]
  • Já experimentou o novo Facebook?
    Faz pouco tempo, o Facebook acrescentou um novo feature que já vinha sendo testado faz algum tempo: o upload de vídeos nativos na rede social. A novidade nem é tão novidade assim, faz tempo que é possível embedar vídeos na plataforma, mas os efeitos, me parecem, foram enormes. Diria até que esse feature mudou o Facebook radicalmente. Explico. Outro dia, dand […]
  • Quem são os 2 jornalistas considerados os “wikileaks de shows” no Brasil e quem acerta mais?
    Se no Brasil o mercado de festivais de música continua efervescente, há alguns anos foi criada uma nova área de interesse sobre estes grandes eventos: os anunciantes prévios de lineup. Geralmente munidos por ‘fontes quentíssimas’ dentro da produção ou dos próprios artistas, buscam sempre dar o furo de tal show no Brasil, aproveitando-se para emplacar audiênc […]
Arquivos
Entrevista
FormSpring Me